terça-feira, 23 de setembro de 2008

Bordeaux - Grand Theatre 2005


Normalmente eu não gosto de perder a oportunidade de comprar um vinho que tenha um preço interessante.

Foi justamente o caso deste Bordeaux que encontrei em um supermercado aqui de Jundiaí por apenas R$29,00. Resultado, comprei para provar.

O Vinho: Bordeaux Grand Theatre

Safra: 2005

Uvas: Corte Bordalês (Merlot , Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc)

Comentários:
Um vinho com cor de vinhos jovens, rubi com aura rosada.

Aromas pouco complexos, de média potência e pouco persistentes onde predominaram as frutas maduras.

Corpo leve, taninos suaves e uma leve acidez que acabou dando mais vivacidade ao vinho. Provavelmente sem ela este seria um vinho "sem graça".

Um vinho agradável de se beber e totalmente correto dentro do seu preço. Não houveram surpresas, um vinho básico ótimo para o dia a dia.

5 comentários:

Fabiana Gonçalves disse...

Olá! Gostei do blog. Vamos trocar os links sim. Já vou colocar lá no Escrivinhos.

A propósito, vi este vinho algumas vezes à venda, mas fiquei com o "pé atrás". Já que você disse que é um vinho correto, da próxima vez vou experimentar.

Abraço!
Fabiana

Kroniketas disse...

Viva. Vi o seu comentário nas Krónikas Vinícolas e já coloquei uma ligação para o seu blog.
Continuação de boas provas e um abraço cá deste lado do Atlântico.

Pedro Padilha disse...

Olá ! Parabéns pelo blog, ótimos post e um visual bem agradável.

Seu comentário sobre esse vinho me chamou a atenção;
Aqui no Rio você encontra esse rótulo por , em média, 22 reais.É claro que um bordeax com esse valor tem "alguma coisa errada", tendo em vista que, vindo da frança, até garrafa fazia fica cara (vide os impostos cobrados e o valor do euro). Sendo assim não me assustei por demais ao degusta-lo.
Achei mais do mesmo e com dois erros fatais a meu paladar.... a gritante presença de álcool e a insignificância ao nariz. É claro que o regime de preservação da minha garrafa (comprei no mercado) não era o mais indicado, porém não me sentiria inclinado a outra garrafa do tal grande teatro francês.

Ah ! Uma dica boa e com preço justo, é o nacional Boscato!
Já que você está se aventurando entre os nacionais... Vale provar!

Um abraço!
Pedro Padilha

Anônimo disse...

Olá, pesquisando sobre este vinho encontrei o blog, também encontrei este vinho aqui em são paulo e comprei, concordo com os comentários, pouco aroma, leve consistencia, um vinho jovem, mas não acredito q amadureça e fique melhor, não apresenta este perfil. Por este preço, não da pra esperar muito de um bordeaux, também não compro outra garrafa.

João Barbosa disse...

A classificação Bordéus é atribuída a vinhos de toda a macro-região, que estão fora das denominações mais pequenas e de maior prestígio. esta classificação genérica de Bordéus só se atribui a vinhos de menor valia. É fugir deles!
.
O mesmo se passa com os Borgonha ou com outras regiões francesas. O que é sublime, especial e valorizado são os produtos das micro-regiões.